PINHALÃO: Câmara Federal e TCU vão investigar abatedouro de peixes

(Da Tribuna do Vale)

BRASÍLIA: Comissão formada por deputados e auditores federais vai investigar aplicação de recursos para construção e instalação de frigorífico

Marco Martins

A Câmara dos Deputados vai investigar a aplicação de recursos e o andamento da construção e instalação da unidade de beneficiamento e abatedouro de peixe em Pinhalão. A Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, 12, requerimento do deputado João Arruda (PMDB).

O projeto original prevê o investimento de R$ 25 milhões do Ministério da Pesca. De acordo com o deputado, a investigação é necessária devido à liberação de um valor substancial de recursos para um projeto num município de pequeno no interior do Paraná, “que sequer tem nascentes ou água suficientes para construir criadouros”. “Daí o porquê de exigirmos explicações sobre este projeto”.

Segundo o parlamentar, o deputado apresentou o requerimento em resposta aos prefeitos e lideranças sociais da região.  “(os prefeitos) estão indignados com investimentos deste porte em uma cidade que não tem potencial hídrico, em detrimento de outras que possuem represas”, frisou.

A investigação, de acordo com o requerimento aprovado pelos deputados, terá início com visitas para verificar o andamento das obras de técnicos do Tribunal de Contas da União (TCU) e representantes do Ministério da Pesca, além de um consultor da Câmara e um servidor da Comissão.

O projeto

Desde o início o projeto é cercado de desconfiança por setores do governo federal, já que Pinhalão está distante a apenas 100 quilômetros de outro frigorífico do gênero instalado recentemente em Cornélio Procópio. Além disso, não só Pinhalão, mas várias outras cidades que estariam envolvidas no projeto conta com um mínimo possível de lâmina d’água capaz de produzir e atender a demanda por peixes para o frigorífico.

O prefeito de Pinhalão, Claudinei Benetti (PSD) foi procurado pelo reportagem durante toda a tarde de ontem para comentar a investigação, mas ele não foi localizado na prefeitura e nem em seu telefone celular que estava desligado. O prefeito também não respondeu aos recados deixado em seu gabinete, assim como as chamadas feitas em seu celular.

Arquivado em Diversas

  1. 2 Comentários neste post.


  2. Por Oscar em 28-03-2014

    eu tenho uma propriedade rural e nela pretendo construir 10 ou 12 tanques e tenho agua suficiente para isso, acho o frigorifico uma boa alternativa de para pequenos proprietários como eu.

  3. Por Tony Gon�§alves em 01-04-2014

    Parece que o Dep.Jo�£o Arruda e o Sr DR.Cesar de Mello est�£o fazendo o joguinho do Prefeito Benetti ele quer si engrandecer perante a midia quando colocou no jornal folha extra frigorifico de 25.000.000,00 milh�µes, o que n�£o condiz com a realidade s�£o exatamente 14.900.000,00 o qual ele j�¡ exauriu uma verba de 6.125.000,00 o qual j�¡ est�¡ sendo acionado pela controladoria CGU.O k na verdade queremos e estamos tratando e fiscalizando para que n�£oseja mais uma obra inacabada em pinhal�£o com verbas P�ºblicas Federais atrav�©s de convenios Sincov/caixa economica federal,mas tamb�©m preservamos a unidade Frigorifico,que n�©m deve ser contextada por ser em pinhal�£o nada �¡ ver com �¡rea produtiva e �¡gua .pois trata-se de uma unidade de beneficiamento tendo �¡gua o suficiente para operar.Na verdade si continuarem esse modelo de criticas e continuarem a fazer o jogo dele vai revoltar o pr�³pio povo contra voc�ªs podem crer fa�§amos ele dar conta da �ºnidade fiscalizando sim o mal uso dos recursos p�ºblico,ai estaremos no caminho certo,Qualquer d�ºvida estamos ai documentados para comprova�§�£o dos fatos.

Deixe um Comentário!

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Digite os caracteres da imagem no campo acima

© 2017 - Blog do Cesar de Mello.