RONY, Prefeito eleito de Japira é o entrevistado de hoje.

O Prefeito eleito de Japira, popular RONY, terá um grande desafio para gerir o Município. Ele vai trabalhar com um orçamento pequeno, de R$ 9.957.900,00 para 2013, ou R$ 829.825,00 ao mês. A fonte de receitas do Município é basicamente sua cota parte no ICMS e no FPM. As despesas com pessoal vem registrando 43% da receita do município. A folha de pagamento até outubro importava em R$ 350.000,00 aproximadamente. Além disso há o repasse obrigatório para a Câmara de Vereadores, à base de R$ 35.000,00 mensalmente. Há que se respeitar a aplicação obrigatória e mínima de 25% da receita na educação e 15% em saúde. Até outubro a receita efetiva do Município foi de R$ 8.543.000,00.

JAPIRA: POPULAÇÃO: 4.903 – Urbana: 2733 – Rural: 2170 (CENSO IBGE – 2010).

HISTÓRICO DO MUNICIPIO DE JAPIRA

          Formação:

Foram muitas as pessoas que contribuíram com seu trabalho para a formação do município de Japira. Dentre elas se destacam nomes como o de João Carneiro Júnior, Francisco Pedroso da Luz, Francisco Inácio de Oliveira e seus filhos, principalmente Joaquim Pedro de Oliveira, Hermindo Augusto de Oliveira e Maurílio de Oliveira.

Por volta de 1893, a região do atual município de Japira estava coberta por mata virgem, onde só a coragem de Domingos Furkim e seus companheiros, poderiam se impor mata a dentro. A partir daí outros mais vieram a fim de desbravar estas terras.

No início de suas explorações a área do atual município de Japira pertencia e dependia juridicamente de Tomazina e se chamava Fazenda Jaboticabal e Barreiros. Após 1924 o povoado recebeu o nome de Japyra.

Em 1928 quando Jaboti foi elevado a município, todos os serviços públicos eram feitos em Jaboti. Mas com a extinção da comarca de Jaboti em 1934 voltamos a depender de Tomazina e foi aí que se começou a planejar a emancipação de Japira.

O município de Japira apresenta em sua história, não colonizadores estrangeiros, como muitos municípios paranaenses; mas sim desbravadores tipicamente brasileiros, vindos de outros estados como São Paulo e Minas Gerais e de outras regiões do estado do Paraná.

      Os primeiros pioneiros

O Senhor Francisco Inácio de Oliveira, residente na cidade de Tomazina e proprietário da Fazenda Jaboticabal, por volta de 1893 mandou desbravá-la sob o comando de Domingos Furkim, que foi o primeiro morador naqueles sertões.

Também foi proprietário de terras nesta região o Coronel João Carneiro Júnior que para cá veio numa colônia de mineiros.

Outros pioneiros foram José Gomes Godoy e seus filhos Antônio Bertoldo, Francisco Godoy e José Antônio Godoy.

Após a exploração e abertura de novas terras o senhor Francisco Inácio de Oliveira e seus filhos Joaquim Pedro de Oliveira, Inácio de Oliveira e Hermindo Augusto de Oliveira passaram a conviver quase que diariamente em solo japirense apesar de residirem em Tomazina ou Jaboti.

Da cidade de Itararé, SP, veio para cá o Coronel Francisco Pedroso da Luz, que instalou aqui uma das maiores fazendas da região; sendo considerado como um dos maiores benfeitores de Japira. Na antiga divisa de suas terras com as de Joaquim Pedro de oliveira e João Carneiro Júnior, situa-se a atual zona urbana de Japira.

Por volta de 1915 o Coronel Joaquim Pedro de Oliveira plantou o primeiro cafezal desta região.

         Em 1924 o coronel Joaquim Pedro de Oliveira dono de extensa área de terras, entre os rios Laranjinhas e das Cinzas, no coração da região denominada “norte velho”. viu sua propriedade rural cortada pelos trilhos de aço da estrada de ferro que corre no sentido meridional, e o coronel fez doação de determinada área de terras para a construção de uma estação ferroviária. O coronel Joaquim Pedro de Oliveira viu-se diante de ótima oportunidade de realizar a vontade de colonizar esta região, e iniciou a venda de lotes urbanos.

                   As primeiras eleições deram-se no dia 09 de novembro de 1952, ocasião em que o coronel Joaquim Pedro de Oliveira elegeu-se prefeito municipal.

      A Estrada de Ferro

Havia aqui um pequeno povoado sem denominação específica, quando a estrada de ferro linha Barra Bonita – Rio do Peixe, criada através de um decreto de maio de 1917 no governo do presidente Wenceslau Brás, passou por esta região dando impulso ao povoado, com sua construção em 1922. Após a construção da estrada de ferro vieram para Japira várias famílias como as de Alexandre Leite dos Santos, José Rafael, Manuel Costa, José Costa, Sebastião Leite dos Santos, José Fernandes e Francisco Souto.

No dia 15 de novembro de 1924 foi inaugurada a estação ferroviária de Japyra.

      O desenvolvimento do povoado

Com o aumento da população, crescia também o consumo de mercadorias e a dificuldade em adquiri-las em Jaboti e Tomazina. Surge então a primeira casa comercial de Japira, a firma Sampaio & Oliveira de Artur Sampaio e dos irmãos Joaquim Pedro de Oliveira e Hermindo Augusto de Oliveira. Mais tarde surgem os estabelecimentos de Manuel Costa, Basílio Sotoviski, Antonio Elias, dono de uma loja na rua que hoje chamamos de Rua João Carneiro Júnior, e também a casa comercial de Antonio Correia, proprietário da primeira pensão aqui instalada, onde hoje é esquina da Rua Rui Barbosa com a Rua Pio XII. Foi Antonio Correia que teve a idéia de construir uma capela num terreno vago em frente a sua casa de propriedade de João Carneiro Júnior e Joaquim Pedro de Oliveira, que cederam a área. Alexandre Leite dos Santos se encarregou de serrar as madeiras para edificar a capela. O padroeiro, Santo Antonio de Lisboa foi escolhido por Antonio Correia e em 1928 a capela foi inaugurada. Em 1945 passou a ser atendida pelo vigário da paróquia de Ibaiti.

Em 1927 foi construída a serraria firma Oliveira Lobo e Cia dos senhores Martins Alves Camargo, Hermenegildo Gomes Lobo e irmão Joaquim Pedro de Oliveira e Hermindo Augusto de Oliveira. Havia também uma máquina de beneficiar café dos irmãos Oliveira.

Por volta de 1930 o fazendeiro Ernesto Schimidt iniciou a fabricação de vinho em sua propriedade e, participando de uma exposição na capital do estado ganhou o melhor prêmio pelos produtos apresentados.

Em 1936 a Cia Sul Mineira montou aqui uma bem montada serraria e para administrá-la veio o Sr. Francisco Cascardo de Mar de Espanha – MG, que com sua família muito contribuiu para o progresso desta cidade.

No ano de 1938 foi inaugurada a rodovia Tomazina – Barra Bonita (Ibaiti), na gestão do prefeito de Tomazina Avelino Vieira. Partindo de Wenceslau Brás, esta rodovia passava pela Colônia Mineira (Siqueira Campos) indo até Barra Bonita. Devemos também ao Sr. Avelino a vinda de energia elétrica para esta região, por volta de 1939.

                As primeiras escolas, a primeira agência dos Correios, o cinema, a construção da nova igreja

A primeira escola particular teve como educadora Belanizia de Oliveira, filha do Sr. Joaquim Pedro de Oliveira.

Em 1927 teve  início à escola pública e a vinda de mestres como Dolores Sampaio (dona Lolita), Maria Freire (dona Santina), Isaíra Reis Cardoso e Maria Bonfim.

A professora Isaíra Reis Cardoso, filha do Sr. Francisco Nunes, gerente da Firma Oliveira Lobo e Cia, foi induzida a deixar o povoado por suas idéias revolucionárias anti-getulistas, já que a comunidade da época defendia muito a figura de Getúlio, assim com boa parte do Brasil.

A escola pública teve outros professores como José Garret e Alcina de Oliveira. Por volta de 1937 veio para Japira, removido de Alemõa – Siqueira Campos, o professor João Isidoro da Silva, mais conhecido como “João Professor” que aqui viveu até sua morte.

Em 1937 começou a funcionar a Agência dos Correios, correspondendo por ela o Sr. Salvador Reis, o popular “Doca”, cuja nomeação era assinada pelo presidente Getúlio Vargas. Aqui Doca permaneceu até 1942, quando foi transferido, sendo substituído pela Srª.  Catarina Damato Cascardo que trabalhou até sua aposentadoria em 1967.

Em 1945 é inaugurado o primeiro cinema, que mais tarde foi extinto e até hoje não temos mais cinema em nossa cidade.

Em 1950 tem início à construção da nova igreja,  a cargo dos senhores; Francisco Cascardo , Coronel Joaquim Pedro de Oliveira , Arnaldo Forbeck e outros japirenses . A primeira missa celebrada pelo Bispo Diocesano Dom Geraldo de Proença Sigud, 13 de junho de 1952. Houve grande festividades estando presente toda a população da cidade  e do município.

Aos 08 de marco de 1961 às dezessete horas, chegou a esta paróquia o primeiro vigário , padre Antonio Angélico Pimenta , da Congregação Nossa Senhora do Sion.

      A Emancipação Política

Através da Lei n.º 93 de 19 de setembro de 1948, Japira foi elevada à categoria de distrito judiciário.

Em 1944 a Cia Sul Mineira, tendo encerrado suas atividades de extração de madeira, venderam a maior parte de suas propriedades ao Sr. Francisco Cascardo e ao Sr. Mário Brás Pereira Gomes, que formaram uma grande fazenda de café, a fazenda Itajubá. Em 1949 tem-se a instalação da Agência de Rendas, da Delegacia de Polícia e do Cartório de Registro Civil.

A Agência de Rendas teve como primeiro funcionário o Sr. Jorge Rosera, seguido por Orestes de Andrade e José Soares Fragoso. A Delegacia tinha por encarregado o Sr. Livrecino Proença de Souza e depois outros como José Ais e Tenente Garret.

O cartório teve como primeiro funcionário João Neves de Oliveira, e funcionava num prédio na Av. Cel. Joaquim Pedro de Oliveira.

O primeiro médico foi o Dr. Francisco de Oliveira e o primeiro farmacêutico, o Sr. Olavo de Oliveira, ambos filhos de Joaquim Pedro de Oliveira.

No dia 14 de novembro de 1951, pela Lei n.º 790, Japira foi elevada à categoria de município com áreas territoriais de Tomazina e Ibaiti, integrada pelo quantitativo de 800 Km² abrangendo localidades de Jaboti, Conselheiro Mairinck, Vila Guaí e Vassoural.

Pela Lei estadual n° 5620, de 24/08/1967, é criado o Distrito Novo Jardim e anexado ao município de Japira

As primeiras eleições foram realizadas em 09 de novembro de 1952, tendo sido eleito prefeito o Coronel Joaquim Pedro de Oliveira e para a Câmara Municipal os seguintes cidadãos: Francisco Cascardo, Carlos Mylius, Angelino Pereira, Sebastião Simão da Costa, Nestor Custódio Ferreira, José Inácio de Oliveira, José Custódio da Silva, Joaquim da Costa Valle e Domingos Ferreira de Quadros. As cerimônias de posse se realizaram no dia 14 de dezembro de 1952.

               Dados do Município de Japira

O município de Japira possui atualmente uma área de 248 Km². A organização político – administrativa é a seguinte:

               Aspectos Naturais

Topografia: predominância de suave ondulado a ondulado.

Solos: o tipo de solo predominante é o Podsólico Vermelho Amarelo (PVA) e Litólitos. Os solos são derivados de rochas sedimentares (arenito, siltitos e argilosos), com elevado grau de depauperamento por erosão. São solos com baixa fertilidade natural, que apresentam acidez acentuada, com presença de alumínio tóxico e baixos teores de Fósforo. O pH situa-se entre 4,5 e 5,0. São deficientes em sua conservação, mas com o uso de calcário e um manejo adequado é perfeitamente viável para a agricultura.

Clima: o município esta situado em região subtropical e de acordo com a classificação de W. Koeppen, ocorre o clima CFA (mesotérmico, úmido sem estação seca), com verões quentes e geadas esporádicas, sem estação seca definida, mas com concentração de chuvas no verão.

A temperatura média dos mês mais quente é superior  a 22ºC, sendo indicada para fruticultura, olericultura, culturas anuais (milho, feijão, etc.) e perenes, como o café e a temperatura dos meses mais frios é inferior a 18ºC.

Os ventos predominantes são do Sul e a umidade relativa do ar varia entre 60 a 75%.

A altitude é de 600 metros.

               Hidrografia e Vegetação

O município apresenta uma boa distribuição dos recursos hídricos, não tendo problemas de quantidade e qualidade da água. Sua malha hidrográfica é  composta pelo Rio Cinzas e seus afluentes.

A vegetação nativa atualmente não ultrapassa a 5% da área do município e localiza-se em áreas declivosas e às margens dos cursos de águas. Apresenta essências florestais de floresta tropical e subtropical. O reflorestamento é uma prática que vem sendo trabalhada há algum tempo através de plantio de eucalipto.            

              Principais festividades

As festas mais populares no município de Japira são: a Festa do Padroeiro Santo Antonio de Lisboa que acontecem entre os dias 12 e 14 do mês de Junho e a Festa da Uva, que coincide com o aniversário da cidade (14 de Dezembro).

              Prefeitos

Joaquim Pedro de Oliveira                                      1.953 – 1.956

Francisco Cascardo                                                1.957 – 1.960

Cid de Oliveira                                                         1.961 –1.964

Antonio Angélico Pimenta                                        21/09/64-23/12/64

Wilson Leite dos Santos                                          24/12/64-30/01/69

Dr. César Augusto Luiggi de Oliveira                      31/01/69-30/01/73

Moacir Costa                                                           31/01/73-30/01/77

Antonio Custódio Ferreira                                       31/01/77-31/01/83

Moacir Costa                                                           01/02/83-31/12/88

Wilson Ronaldo Rony de Oliveira Santos               01/01/89-31/12/92

Lisérgio Deval de Siqueira                                      01/01/93-31/12/96

Wilson Ronaldo Rony de Oliveira Santos               01/01/97-31/12/00

Wilson Ronaldo Rony de Oliveira Santos               01/01/01- 31/12/04

João Renato Custódio                                            01/01/05 -31/12/08

João Renato Custódio                                            01/01/09 -31/12/2012

     Origem do nome da cidade

Os primeiros desbravadores sempre avistavam uma ave de coloração preta e avermelhada que os índios chamavam de “Japuyra”. então o  nome Japira foi inspirado nesta ave, que habitava abundantemente a região à época da criação do município. O pássaro tem o nome de GUACHE JAPUYRA, daí a derivação JAPIRA. A estação de trem passou a chamar-se estação de “Japyra”; e mais tarde se tornou o nome da cidade.

As informações encontradas na literatura sobre essa ave que deu origem ao nome do município é a seguinte:

JAPUÍRA – (popular GUAXE): nome científico: (Cacicus chrysopterus)

Família Icterinae

Caracterização: Tem cerca de 20,5 centímetros. É delgado, de cauda longa, negra. Tem uropígio e coberteiras superiores médias das asas amarelas cor de enxofre. Seu bico é cinzento-azulado claro, a íris é branca ou pardo clara.

DADOS DO MUNICÍPIO DE JAPIRA-PARANÁ

Município: Japira/PR

Comarca: Ibaiti

Zona Eleitoral: 79ª

Denominação dos habitantes: japirenses

Endereço: Avenida Alexandre Leite dos Santos, 481

Telefone: (43) 3555-1401 – CEP 84.920-000

CNPJ:  75.969.881/0001-52

Data de emancipação: 14/11/1951 Lei nº 790

Data de Criação: 14/12/1952

Dia do Município: 14 de dezembro

Padroeiro: Santo Antonio de Lisboa – 13 de junho.

Área do Município: 248 km2

Área urbana: 2 km2    Área rural: 246 km2

População: 4900 habitantes (Censo 2000)

Urbana: 2327 – hab Rural: 2573 – hab

Distritos: Sede, Novo Jardim

Divisas: Norte-Jundiai do Sul

   Sul- Pinhalão

   Leste -Tomazina

            Oeste-Jaboti

Altitude: 660 metros

Latitude-23º30’ e 23º55’

Longitude-50º15’ e 50º00’

Prefeito: JOÃO RENATO CUSTÓDIO

-         Fax.: 555-1313

-         E-mail – japira@pop.com.br

-         População total do município zona urbana: 2.327 e rural: 2573

-   Nº de famílias cadastradas no município: 1.438

-         Nº de idosos: 607

CONCLUSÃO

O município de Japira localiza-se no Norte Pioneiro do estado do Paraná, tem uma população de 4.900 habitantes (senso 2000).

É um município que depende economicamente da agricultura, sendo que a maior parte da população está na zona rural e a força de trabalho é composta em sua maior parte por lavradores.

Há um assentamento em nosso município, o Assentamento Marimbondo, no qual hoje vivem cerca de 72 famílias.

As maiores necessidades de nossa população são no momento:construção de uma Rede de Esgoto e de um aterro sanitário, a reabertura do Hospital e uma rodoviária. Além destas necessidades mais aparentes, há uma população, que devido à situação econômica, necessitam de atendimentos básicos de saúde e assistência social.

Em nosso município não há associações muito representativas, há grupos nas igrejas, como o grupo de jovens da Igreja Católica. A escola também tenta desenvolver atividades que despertem a participação da comunidade.

Além das festas do padroeiro e da festa da uva, a comunidade sempre participa das cavalgadas nas festividades de aniversário da cidade, também no dia 7 de Setembro há o desfile promovido pelas escolas municipal e estadual.

Japira é uma cidade tranqüila para se viver, porém muito deve ser feito para que ela possa oferecer mais emprego e qualidade de vida a seus munícipes.

                         LINHA DO TEMPO DE JAPIRA

-       1893, Início da colonização e a exploração do município

-       1915, Coronel Joaquim Pedro de Oliveira iniciou o plantio de café em nosso município

-       1917, Iniciou-se a construção da estrada de ferro a cargo da comp.Brasileira Industrial

-       1920, fabricação de vinho, pelo senhor Ernesto Shimidt, recebendo uma premiação de  melhor vinho   numa premiação na capital

-       1922, Vieram para estas localidades às famílias Alexandre Leite dos Santos, Jose Rafael e Manoel Costa, Sebastião e Francisco Souto

-       1927, Instalou-se a serraria, firma de Oliveira Lobos e Cia., e iniciou-se  a escola Pública

-       1928, Inaugurou-se a capela Santo Antônio de Lisboa

-       1936, Instalou em nosso município uma serraria da Companhia sul mineira

-       1937,Começou a funcionar agência dos correios também neste ano veio para Japira removido de Alemoa município de Siqueira Campos João Isidoro da Silva , professor que mais tempo aqui permaneceu exercendo  sua profissão com extrema dedicação sendo  chamado carinhosamente de João professor.

-       1938, Foi inaugurada a rodovia que ligava Tomazina a barra bonita (IBAITI), a empresa que fazia a linha chamava-se irmãos Paladino e inaugurou-se  também uma marcenaria por senhor Ludovico Friederick

-       1939, A energia elétrica chegou aqui e também no mesmo ano  os japirenses tiveram atendimento em outros setores como: oficina de carroça, padaria , a popular Pensão do Minuto 

-       1945, Inaugurou-se  o cemitério e o cinema

-       1948, Iniciou a construção da Igreja Matriz Santo Antônio de Lisboa e elevação de Japira `a categoria de Distrito Judiciário

-       1949, Inauguração da Igreja Matriz, da agência de rendas, delegacia de polícia e cartório de registro civil

-       1951, Foi elevada a categoria de município pelo decreto lei nº 790 de 14.12.51

-       1952, Foi instalada a emancipação política com a posse do primeiro prefeito Cel Joaquim Pedro de Oliveira

-       1953, Inaugurado o grupo escolar Cel Joaquim Pedro de Oliveira

-       1954, O município recebeu em Curitiba uma premiação por ser considerado no ano de 54 o segundo maior produtor de café do Paraná. Inaugurado o campo de futebol

-       1955, Contrato com a Companhia Nacional para instalação de Telefones Público em Japira.(antigo PS).

-       1958, Criação da biblioteca Municipal

-       1966, Construção de duas praças públicas

-       1975, Ocorreu a geada que ficou conhecida como geada negra que matou todos os pés de café, Em 14/12/1975 foi inaugurado o hospital São Marcos.

-       1977, Inauguração e instalação da Sanepar

-       1978, Contemplado linhas telefônicas residenciais.

-       1980, Inauguração do posto de saúde (centro de saúde) do município

-       1982, Inaugurada a prefeitura municipal (atual)

-       1983, Inauguração do primeiro conjunto habitacional Laiz Perett

-       1985, Construção de um Mini posto de saúde no Novo Jardim

-       1986, Inauguração o posto de transito (DETRAN)

-       1999, Inauguração do centro comercial na avenida prefeito  Moacir Costa, criação da Escola Municipal DR César Augusto Luiggi  de Oliveira. E. I. E.F.

-       2001, Foi inaugurado o Centro Social , 1ª festa da Uva

-       2002, Criação do Parque Industrial   inaugurado com as indústrias Santa Terezinha e Schimidt     

-       2003, Inauguração  conjunto   Arco –Íris

-       2005, Reabertura da Escola Rural Municipal  Professor  Ciro Forbeck- Novo Jardim . Fundou – se a  Apae – Associação de Pais e Mestres dos Excepcionais.

Arquivado em Diversas

  1. 14 Comentários neste post.


  2. Por japirençe em 29-11-2012

    essas pesoas nao tem a capacidade de chegar nele e perguntar. fica pedindo pro outros.. nao tem vergonha na cara .. ele ja falou um monte de vez, isso e tem uns surdos aq q nao escutam e querm q ele voute a repetir.. um recadinho pra japira.. quem vive de passado e museu entao, crien vergonha , e para de mexer no passado, pra mim isso e museu.. fica esse recadinho…

  3. Por Sandra em 29-11-2012

    Parabéns Cesar de Mello pela sua volta, e ao nosso futuro prefeito Rony, um grande abraço, da Sandra do Pestana, e família.

  4. Por OLIVIA em 29-11-2012

    De:Oliviaolimasilva@hotmail.com Telefone43 91511833 Mensagem:ola cezar de melo ja tava kom xaudades de vc bom eu sou eleitora dejapira o meu primeiro voto foi nessa eleiçao em ke dei meu voto parao rony trabalhei na kampanha participei de todas as reunioes e ate saide kasa por estar do lado dele mais mesmo assim nao mudei de lado bomkero mandar um abraço para o rony e kero tambem agradecer por tudo oke me fez e por tudo ke fez por japira e dizer tambem ke kem gosta depassado é museu gente se konforma nao adianta fikar falando dehospital isso nao vai mudar em nada o rony ja provou ke é kapaz.

  5. Por PROFESSORA em 29-11-2012

    De:professoranice@hotmail.com Mensagem:quero aki relatar da incomppetencia das suas atendentes pois euprofessora de japira fiz 2 perguntas e a sua atendente nao passou a vcquero saber cesar de mello do rony como vai fica o nepotismo de japirafatima irma do mesmo secretaria da educaçao e seus sobrinhosinclusive a thais ja trabalhando

  6. Por CIDADÃO em 29-11-2012

    De:Cidadãomauriciojap2010@hotmail.com Mensagem:Rony os Seus adversarios andam dizendo que vão te caçar favorexplicar para a população

  7. Por Irapuan forbeck em 30-11-2012

    Bom o que tenho que falar pra vcs e que Japira entra em um novo periodo de incerteza, um prefeito Eleito que so sabe ser prefeito , a carreira publica dele ninguem se habilita em falar fica nos anais da história ,o que foi feito no seu governo implantou uma festa da uva , um negocio de dois ou trêis dias e os outros 362 dias qual e o tipo de incentivo de rendas ,trabalhos para os jovens que são criados ai Qual o Futuro deles. sem incentivo trabalhista nenhum, para que não tenham que sair para cidade grande para tentarem a vida.O que o municipio propoe para vcs.Um municipio quem só sobrevive com a fonte de renda que e a do ICMS e FPM-fundo de participação dos municipios do norte pioneiro ou seja (fundo de miseria para os municipios) e triste estar de longe e ver pessoas que a gente quer bem que não souberam e aprenderam a votar ou que são iguais(desculpem-me) leitões que querem tambem mamar na teta mirrada da prefeitura olha povo de Japira vcs tem 4 anos de convivio , e cê nada mudar tenham vergonha e tirem esses politicos picaretas que se instalão nas prefeituras para fazerem suas fortunas ,pois nós vemos todos os dias na televisão politicos antigos entrando com uma mão na frente e saem das Prefeituras ou outros orgãos do Governo com ( varios imoveis , fazendas que são transformadas em sitio ou chacara) abram os olhos para estes cidadãos que transformam em impostos o seu suado dinheiro e que ira engordar esta turma e vc ficara chupando os dedos sem poder reclamar porque devem favores uns para os outros.Pensem bem neste desabafo de um japirense de Raizes. Um abraço ao povo japirense.Que Deus Olhe por Vocês.

    Deixe

  8. Por FABÍOLA em 03-12-2012

    Caro Irapuan Foberck, você está sendo infeliz em seus comentarios para com o povo de Japira, pelo que estou percebendo o teu desafeto é o Dr. Rony, portanto é com ele que você tem que acertar suas contas, não misture as coisas, honre as tuas calças, é muito facil ficar em frente ao computador. Nós não somos LEITÕES,somos sim FUNCIONARIOS, recebemos o que nos é de direito pelo trabalho que prestamos junto ao MUNICIPIO. É fato, qualquer prefeito coloca pessoas de sua confiança para trabalhar perto dele, isso acontece não somente em JAPIRA, mas em toda a esfera nacional. O interessante é que teve parentes teu trabalhando na gestão que está terminando, e você não se pronunciou. Você é do tipo que senta no rabo e fala do rabo dos outros???!!!!Não estou aqui para defender politico,prestei um concurso para trabalhar na prefeitura. Mas está é a quarta vez que o Dr. RONY ganha uma eleição no municipio, meu caro Irapuan, será que ele é tão ruim como você está pintando???!!!!! Ele não fez apenas a festa da uva. Te convido para passar uns dias aqui em nossa querida cidade, com toda a certeza ja faz alguns anos que você não vem, do contrario não estaria escrevendo tanta asneira. Venha nos ajudar, quem sabe você recupera as terras que poderiam ter sido tua. Até breve Dr. das tintas.

  9. Por IRAPUAN FORBECK em 04-12-2012

    Bom cara Fabiola não sei quem vc e mais se você for inteligente vc vera que o termo leitões não são para os funcionários da Prefeitura e sim as pessoas que vivem de favores , que não e o seu caso pois como vc nos falou vc e concursada não precisa vestir a carapuça ,eu falo e te pergunto o que ele fez por Japira neste 3 últimos mandatos ? qual foi a melhoria de emprego para a o município ?, Japira tem Hospital , tem somente o posto de Saúde ,não esqueça que Jaboti e menor que Japira em território e possui um hospital,estou sentado com meu Rabo com vc falou e eu estou num País democrático posso me expressar livremente , não tenho nenhuma rusga com o Prefeito Eleito,para sua informação ele faz parte da minha família também, e não e que seja parente e que não trabalhe bem pelo município e que não seja um bom administrador e que não vamos passar a mão na cabeça e dizer coitado. Não. pois se vc sabe mais vc indiretamente paga impostos para gerir o seu município .E quando eu falei de tetas gordas também é em esfera nacional pois infelizmente o nosso pais e assim . e eu falei pois Japira precisava de gente nova . com gente nova com vontade de ver o nosso município crescer se desenvolver.Gozado como vc sabe que tivemos terras. sera que vc faz parte da família?não se Doa por coisa que vc não conhece e sabe, sera o que eu escrevi foi asneira ou uma forma correta de estra me expressando e querendo o melhor para o lugar onde vcs vivem. pois eu estou muito bem em ctba e não tenho vontade de ter nada em japira apenas bons amigos como temos ,outra coisa não perdemos nada pois Negócios são negócios que eu saiba minha Família não deu prejízo para sua, deu ? .e seja um pouquinho inteligente e não misture as coisas,e me desculpe se te ofendi e que este Blog do Cesar ele serve de que .um abraço Irapuan e eu não sou Dr das tintas sou CLT igual a vc

  10. Por FABÍOLA em 04-12-2012

    Caro CLTista, para seu governo não defendo ninguem e não tenho rabo preso, mas faça me o favor não venha achincalhar com as coisas se coloque em seu lugar, vc não sabe nada o que acontece aqui, a não ser por informações desencontradas, porque vc mesmo falou que faz tempo que não vem…….conservação do Estádio ARNALDO FORBECK, Créche, Capela Mortuária, Conjunto Laíz Pereti, Conjunto Arco Iris, Conjunto em Frente o Cemitério. etc. etc. Empregos, como todos trouxe várias empreseas mas como sempre, depois de um determinado tempo vão embora, pelo menos tenta e os outros!!!!!! Caro CLTista, vc sabe muito bem que JAPIRA, nunca teve hospital Municipal aí vc já começou a pegar no pé de seu parente como vc diz, sempre o Hospital foi particular e quando aconteceu o fato era de dois médicos, para seu governo, JAPIRA sempre teve posto de saúde

  11. Por FABÍOLA em 04-12-2012

    Continuando Sr. Irapuan Forbeck CLTista, vc diz que não tem nem uma rusga com prefeito eleito, e se tivesse então depois de detonar, até parente ele éééé, e se não quiz ofender sobre tetas, para mamar porque diz em seu comentario, para meu é para ofender mesmo, só nao venha ofender e depois falar que não, ta na tela, graças a DEUS que vc esta bem aí, erga as mãos pro céu e agradeça, mas não venha querer denegrir a imagem dos outros, não te conheço, mas não fique se achando não vc não é o cára…….

  12. Por IRAPUAN FORBECK em 04-12-2012

    E cara fabiola vc e pequena mesmo e burrinha . vc esta se confundindo se vc não me conhece procure saber quem e minha familia ai.
    pois vc pelos seus comentarios não passa de uma pessoa oportunista que nem trabalha em Japira .pelo que fiquei sabendo so mora , pra min vc tem e que ter um pouco de cultura depois se dirija a minha pessoa , e e gozado vc se doer tanto assim desculpe cresce e aparece.accho que vc e esposa do Pinhalão se for vc já sei porque a brabeza.

  13. Por FABÍOLA em 29-12-2012

    (NÃO ADIANTA QUERER DAR UMA DE SABIDÃO CARA, SUPONDO QUE É ESSA PESSOA OU OUTRA POR AI JA DA PRA VER QUEM É BURRO) Burrinho é vc que pedalo, pedalo e tai vendendo tintas, eu não quero saber de vc eu não, oportunista é vc mas não da em nada, cultura tenho sim, quem é vc para dizer isso, não fique nervosinho, VENHA, VC ESTA CONVIDADO PARA A POSSE DO DR. RONY, AQUELE QUE VC ACHINCALHOU EM CONVERSAS PASSADAS, LEMBRA. DIA 1º DE JANEIRO 2013, O teu parente, hahahaha, e se não fosse então.

  14. Por IRAPUAN FORBECK em 02-01-2013

    o esperta e baba ovo procura o que fazer e não fica trolando atoa vai procurar o que fazer, e não enho nada pra conversar com vc o bobinha.vc faz o que da vida ? acho que a vaga de puxa saco e sua seja feliz e não incomoda.

  15. Por FABÍOLA em 02-01-2013

    Pelo que percebi vc é um cara frustado, quem começou olha o dia 30.11.2012, não adianta já vi tudo.

Deixe um Comentário!

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Digite os caracteres da imagem no campo acima

© 2017 - Blog do Cesar de Mello.