Acidentes em trevo já mataram nove pessoas nos últimos anos

Conforme o Programa CESAR DE MELLO vem verbalizando, mais de 10 pessoas morreram em acidentes na BR 153, no trecho que “corta” o perímetro urbano da cidade de Ibaiti (do trevo de saída para Figueira, até o entroncamento de acesso a Japira). Apenas no ponto de entroncamento com a rodovia estadual de acesso a Japira, já morreram 9 pessoas. O protesto programado para sábado (14) foi adiado por causa das chuvas. Uma nova data será indicada. Confira abaixo, mais informações sobre o local, que já se transformou numa “máquina de matar”. As autoridades do DER e do DNIT nada fazem para evitar os acidentes.

Do Informe Policial (Gilson dos Santos):

 
 
 
 
 
O site Informe Policial de Ibaiti fez um levantamento muito interessante no início desta semana. Nove pessoas já morreram no entroncamento da BR 153 com a PR 272 (Ibaiti/Japira) em frente à Cooperativa Integrada, o chamado “Trevo da Morte”.

Grande parte dos acidentes com vítimas fatais ocorreu após o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) entregar a restauração da pista, o que aconteceu em 30 de outubro de 2009. Foram gastos quase 42 milhões de reais na restauração da rodovia no trecho entre o Km 51,60 em Santo Antonio da Platina ao Km 110,3 em Ibaiti. No total foram 58,7 quilômetros de asfalto restaurados. Somente em Ibaiti o DNIT construiu três novos viadutos e dois túneis para passagem de pedestres.
A BR 153 é considerada a 4ª maior rodovia do país com 4.355 Km de extensão, ligando as cidades de Marabá (PA) e Aceguá (RS), chamada de Transbrasiliana. Segundo o DNIT é uma rodovia longitudinal, estratégica para o país, pois liga o Norte à região Sul.
No dia 25 de fevereiro do ano passado , técnicos do DNIT estiveram em Ibaiti para demarcar o trecho onde seria instalada sinalização preventiva contra acidentes com limitação de velocidade controlada por radares eletrônicos fotográficos. Hoje, quase um ano depois, os radares ainda não foram instalados e o DNIT não explicou os motivos.
Enquanto espera a decisão do órgão para instalação de medidas preventivas para evitar acidentes no trevo, os condutores da região estão sujeitos a novos acidentes no local. Foi o que aconteceu na manhã desta terça-feira (10). Maciel Cardoso, de 60 anos de idade dirigia um VW Gol, branco, placas DDY-2557 e vinha da cidade de Jaboti para Ibaiti. Ao cruzar o trevo foi apanhando pelo caminhão VW, placas HQR-9819, conduzido por Marcos Borges Fernandes (41) que dirigia na preferencial. O caminhão estava carregado com placas de compensados de madeiras e vinha da cidade de Major Vieira (SC) para Bauru (SP). O motorista do caminhão não sofreu ferimentos.
Cardoso estava com seu filho Cirley Cardoso (37) que também não sofreu ferimentos. O motorista do Gol foi socorrido no local por equipes do SAMU e Defesa Civil e encaminhado para a Fundação Hospitalar de Saúde Municipal de Ibaiti. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu quando estava sendo atendido.
ESCAPADA DA MORTE
No dia seis de agosto do ano passado o garotinho Mateus de Melo, de 11 anos de idade, escapou da morte por puro milagre. O Uno Mile, placas ANW-5716, em que ele estava juntamente com seu pai, Valdir Aparecido de Melo, ficou com a frente totalmente destruída após o choque com o ônibus, placas LZO-2254, da empresa de compensados Sudati.

O Uno, pertencente à Fundação Hospitalar de Saúde Municipal de Ibaiti (FHSMI), era conduzido por Antonio Carlos da Silva, que transportava Melo e seu filhinho para exames em Santo Antonio da Platina quando o ônibus, vindo de Japira, cruzou a sua frente. Os três ocupantes do veículo da Saúde tiveram ferimentos leves. No ônibus ninguém ficou ferido. O garotinho passou por todos os tipos de exames no Pronto Socorro de Ibaiti e liberado em seguida.

RECAPITULANDO OS ACIDENTES:
2007 Cinco pessoas morrem num único acidente no “Trevo da Morte”
Cinco pessoas morreram quando uma carreta chocou com uma Brasília que vinha da cidade de Japira. A carreta seguia sentido Ibaiti/Santo Antonio da Platina. As cinco pessoas morreram esmagadas no local. Quatro vítimas eram da mesma família.

2008Motoqueiro entregador de marmitas morre no “Trevo da Morte”Um Ford/Fiesta bateu na lateral de uma moto que atravessava a pista. O motoqueiro, entregador de marmitas em um restaurante de Ibaiti, morreu na pista. O motorista do Fiesta parou para socorrer o motoqueiro, mas nada pode fazer. 

 

2010Padre de Japira morre esmagado no “Trevo da Morte”
Em fevereiro o padre Antonio Pereira Anchieta, pároco da cidade de Japira, morreu quando seu Gol foi apanhado pelo ônibus conduzido por Josuel Antonio Mendes. O ônibus bateu de frente na lateral do gol, matando o padre na hora.

2010/2011Professora do interior paulista morre em acidente no “Trevo da Morte” no norte do ParanáNa tarde do dia 31 de dezembro do ano passado, Regina Aparecida Albuquerque Batista, de 41 anos de idade perdeu a vida no “trevo da morte”. Ela viajava no seu GM/Classic, quando colidiu com o Fiat/Palio Weekend de Marcelo Ferreira Machado. Ela era professora no interior de São Paulo e viajava com seu marido Mario Pereira Batista (47) que sofreu ferimentos graves.

2012Maciel Cardoso de 60 anos de idade morre ao cruzar o trevo com seu VW/Gol e ser apanhando pelo caminhão VW, placas HQR-9819, conduzido por Marcos Borges Fernandes (41) que dirigia na preferencial. Ele é a nona vítima do “Trevo da Morte”

 

MANIFESTAÇÕES

Apesar dos protestos de autoridades da região até o momento ninguém fez nada para diminuir os acidentes no local. No ano passado os vereadores de Ibaiti se reuniram em sessão na Câmara Municipal para tratar do assunto. Programas de rádio destacaram as necessidades de mudanças urgentes no local, mas até agora nenhuma solução de fato foi apresentada. Nenhuma manifestação popular foi cogitada para a terça-feira, 10, ao contrário do que foi noticiado por alguns órgãos da imprensa. Segundo a PRF o tráfego transcorreu normal após o acidente durante todo a terça-feira. A Polícia Civil de Ibaiti também não registrou nenhuma tentativa de protesto, o mesmo noticiou a Polícia Militar.

TEXTO E FOTOS: INFORME POLICIAL (Gilson dos Santos).

Arquivado em Diversas

  1. 3 Comentários neste post.


  2. Por PAULO em 16-01-2012

    Quando o poder publico não toma as providencias é necessario, o trabalho da imprensa aparecer. parabens ao programa cesa Melo, pois sabemos onde podemos expor nossas dificuldades, diante da morosidade dos que deveriam trabalhar por nós.

  3. Por João Alfredo Costa Filho em 17-01-2012

    Parabens Amigo DR Cesar,o trabalho da impresa é que vale em especial o seu; estou a disposição para ajudar no que for necessario junto as Autoridades. Abraço João Alfredo

  4. Por berite de Ibaiti em 03-02-2012

    Dr Cesar, ontem precisei da Pm, e não obtive resposta, o telefone chamou e uma gravação informou que estavam todos ocupados, será que a situação não vai mudar.

Deixe um Comentário!

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Digite os caracteres da imagem no campo acima

© 2014 - Blog do Cesar de Mello.