IBAITI MORTES NA BR-153: de Curitiba, MARELY BRASIL propõe protesto no Trevo da Morte (Ibaiti-Japira)

10 pessoas já morreram no trevo da morte, na BR-153, acesso a Japira. As autoridades permenecem de braços cruzados. No dia de hoje, parte da manhã, mais uma colisão ocorreu no trevo, envolvendo um veículo montana, de Santo Antonio da Platina e um corsa, de Japira.

De Curitiba, após ouvir a notícia no PROGRAMA CESAR DE MELLO, Marely Brasil enviou a seguinte BOCA NO TROMBONE:

Boa noite!!

Estou pensando numa manifestação pública sobre o trevo que tem provocado muitas mortes ai próximo a Japira.

-Que tal colocar faixas com os nomes das vítimas deste descaso?

Acho que se as pessoas pudessem visualizar a quantidade de pessoas que morreram pela falta de uma medida tão simples, que poderia ter evitado a perda de pais de família, irmãos, filhos…enfim, seres humanos!

Acho que é como vc mesmo disse: Será que terá que morrer alguém “IMPORTANTE”!  apesar de que todos tem importância, não é? Resta saber pra quem?

Beijoooooooooooooo

TRÁGICA LEMBRANÇA:

Os acidentes vem ocorrendo no entroncamento existente, entre a BR-153 e a PRC-272 (Ibaiti/Japira), em frente à Cooperativa Integrada.

Em 2007 cinco pessoas morreram quando uma carreta chocou-se com uma Brasília, que vinha da cidade de Japira. A carreta seguia sentido Ibaiti/Santo Antonio da Platina. As cinco pessoas morreram esmagadas no local. Quatro mortos eram da mesma família.

Em 2008 um Ford/Fiesta bateu na lateral de uma moto que atravessava a pista. O motoqueiro, entregador de marmitas em um restaurante de Ibaiti, morreu na pista. O motorista do Fiesta parou para socorrer o motoqueiro, mas nada pode fazer.

Em fevereiro de 2010 o padre Antonio Pereira Anchieta, pároco da cidade de Japira, morreu quando seu Gol foi apanhado pelo ônibus conduzido por Josuel Antonio Mendes. O ônibus bateu de frente na lateral do gol, matando o padre na hora.

Na tarde do dia 31 de dezembro do ano passado, Regina Aparecida Albuquerque Batista, de 41 anos de idade perdeu a vida no “trevo da morte”. Ela viajava no seu GM/Classic, quando colidiu com o Fiat/Palio Weekend de Marcelo Ferreira Machado. Ela era professora no interior de São Paulo e viajava com seu marido Mario Pereira Batista (47) que sofreu ferimentos graves. (Fonte: Informe Policial).

Arquivado em Diversas

  1. 3 Comentários neste post.


  2. Por lucas em 01-05-2011

    JABOTI – PONTE BAIRRO SERRINHA:
    Viu cesar de melo eu respeito muito seu progama. Só não quero que vc fale meu nome. Eu sou de jaboti. Vou falar uma coisa pra vc. A prefeitura começou a fazer uma ponte que dá acesso ao bairro serrinha. Mas acabaram desmanchando o serviço. Daí colocaram uma provisória. No entanto, quando passa ônibus nessa ponte provisória, ela balança toda. Tá um perigo muito grande. Pode acontecer uma tragédia a qualquer momento. Quando será que a Prefeitura de Jaboti vai fazer uma ponte de verdade? e se cair? um ônibus cheio de gente?

  3. Por jk em 06-08-2011

    cesar de melo sou moradora de curiuva e gostaria de deixar um comentario aqui ,, a cidade esta promovendo uma festa aqui esse fim se semana é o povo da saude q eta promovendo dizem q é pra arecadar fundo pra saude acho isso vergonhoso ,,,ja q a saude é umas das coisas q mais se vem verbas ….. o q você acha disso pode comentar ai

  4. Por Antonho em 26-03-2012

    Ola cesar de melo aqui e o antonio de ventania gostei muito que vc falou da panelinha sera que vai continuar a panelinha cesar de melo como e que vai ficar br em ventania e ibaiti vc ficou quieto eu gostaria que mandasse resposta amanha volto a se comunicar

Deixe um Comentário!

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Digite os caracteres da imagem no campo acima

© 2017 - Blog do Cesar de Mello.